Autaza

Saiba como a tecnologia tornará os carros do futuro ainda mais seguros

Por Isadora — Em Artigo Autaza, Automação Industrial, Industria 4.0 — dezembro 6, 2019

06

dez
2019

As empresas estão buscando cada vez mais inovações que protejam efetivamente os seus clientes de acidentes fatais. Várias marcas de automóveis têm trabalhado com startups para desenvolver ações que aproximem cada vez mais os carros comuns aos novos modelos autônomos, com mais segurança e agilidade. 

Você sabia que os acidentes de trânsito continuam a ser uma das maiores causas de mortes no planeta? De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem todos os anos, vítimas de acidentes no trânsito. Mas então vem a pergunta: E se a tecnologia pudesse evitar erros humanos e salvasse vidas?

Foi exatamente pensando nisso que uma das maiores empresas automotivas do mundo – a Volkswagen, criou o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão que aciona os freios do carro quando percebe- por sensores de air bags – que houve uma batida. O dispositivo evita assim uma segunda colisão ou um acidente ainda mais grave e fatal.  O sistema pode ser acionado, também, em colisões dianteiras.

O futuro já começou e as empresas estão buscando cada vez mais inovações que protejam efetivamente os seus clientes. Várias marcas de automóveis têm trabalhado com startups para desenvolver ações que aproximem cada vez mais os carros comuns aos novos modelos autônomos.

Graças a inteligência artificial hoje já existem freios ABS, air bag e sensor de estacionamento, mas a indústria automotiva quer ir mais além. Algumas soluções inovadoras que estão sendo trabalhadas no mercado são:

  • Controle adaptativo de velocidade
  • Travamento automático contra colisão frontal
  • Reconhecimento de placas e sinais
  • Assistente para troca de pistas
  • Direção assistida

A Ford, por exemplo, desde 2017 tem uma equipe que se dedica à pesquisa e ao desenvolvimento de robótica e inteligência artificial como parte do seu programa de veículos autônomos e conta com a parceria da startup Argo AI, para a qual a montadora está investindo US$ 1 bilhão. Este ano a Fiat também se uniu a uma startup, a Aurora Innovation para desenvolver e implantar uma frota de veículos comerciais autônomos em uma tentativa de alcançar outras montadoras que investiram pesadamente na tecnologia.

Uma pesquisa recente da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, revelou que os carros autônomos podem melhorar o fluxo de tráfego em até 35% no futuro. Como não se empolgar com estes dados? Além disso as empresas do setor automotivo têm se unido para ter força e regulamentação no mercado global. 

A General Motors, a Ford e a Toyota disseram este ano que estão unindo forças com o grupo de engenharia de automóveis SAE Internacional para avançar com segurança nos testes, desenvolvimento pré-competitivo e implantação. Está claro que a inovação e sobretudo a segurança serão decisivas no carro do futuro. E você, como imagina que serão estes dispositivos tecnológicos? 

Para Autaza: Beatriz Bevilaqua, 
jornalista e apaixonada por tecnologia.