fbpx

Autaza

O papel das integradoras na indústria do futuro

Por Isadora — Em Automação Industrial — junho 15, 2020

15

jun
2020

A indústria 4.0 possibilitou um avanço tecnológico, no qual diversos processos foram automatizados e digitalizados. Como resultado, surgiram funções em empresas fornecedoras de tecnologia. Uma dessas novas funções, é a de integrar os sistemas de automação industrial, ou seja, as integradoras como seu nome diz, nasceram para interligar sistemas automáticos e digitais dentro das indústrias.

A indústria busca estar sempre atualizada, assim alcançando sua maior eficiência, maximizando a produção e minimizando o custo. Para isso, deve estar sempre alinhada com a tecnologia de ponta lançada no mercado. Aqui entram as integradoras, nos quais devem estar preparadas e capacitadas com as melhores tecnologias para aplicar dentro das fábricas.

Hoje as integradoras são fornecedoras essenciais para implementação e modificações nas linhas de processo. Se tornaram responsáveis por auxiliar nas definições de projetos robóticos, implementação de sistemas de segurança, automatização de processos e até fornecimento de robôs. As integradoras não se restringem apenas a aplicar soluções robóticas, mas também a desenvolver soluções abrangentes que envolvem todo o controle de processo.

Os setores beneficiados pelo trabalho das integradoras são os mais diversos, desde a indústria automotiva, aeronáutica, farmacêutica, alimentícia, dentre outras. Mesmo em clientes de um mesmo setor da indústria, é importante que a integradora conheça o processo específico e seja capaz de dimensionar e personalizar a solução de automação, pois as definições do projeto ocorrem com base nas características de cada planta.

A primeira etapa para especificação e detalhamento de um projeto de integração começa com uma visita presencial, onde as especificações minuciosas são levantadas, os equipamentos pré-existentes são avaliados, o espaço físico disponível e a análise do que pode ser aproveitado e o que precisará ser realocado. Em seguida, na etapa de projeto, diversas equipes da integradora trabalham em conjunto para definições elétricas, mecânicas, programação de robôs e PLCs, de forma a suprir as necessidades do cliente com a menor alteração possível em seu processo produtivo.

A Autaza é um exemplo de empresa no qual trabalha em parceria com integradoras, sendo responsável pelo fornecimento de tecnologia para a inspeção de qualidade. Na parceria as integradoras realizam seu papel de inserir as soluções dentro do ambiente fabril respeitando as especificações de nossos equipamentos e da linha de produção do cliente.